BOLHAS E ABISMOS
Fala, Carol !

BOLHAS E ABISMOS

Recentemente conversei com uma amiga sobre a agressividade nos debates políticos mesmo nos núcleos mais íntimos. Falamos sobre o poder das redes sociais e como seus algoritmos garantem reforço para nossas “verdades” e “certezas”, principalmente se limitarmos nossa “fonte de informação” aos conteúdos que por aqui circulam.

Concluímos a conversa lamentando o risco de um distanciamento definitivo nas relações onde imperar a superficialidade dos argumentos e a dificuldade de conseguir ouvir o outro sem apelar para rótulos a fim de silenciá-lo.

E SIM, é possível conseguir estar atento a isso e ter “LADO” no cenário político atual. Eu tenho. E se vc me conhece mesmo, para cada pauta atual, sabe exatamente qual é.

E acredite, independente de vc não conseguir entender meus motivos ou não estar disposto a ouvir qual caminhada trilhei fora da minha bolha de origem pra pensar (e sentir) como penso (e sinto) hoje, eu sigo.

Mas eu escolhi seguir sem ofensas, sem ironia, sem desrespeito e sem intolerância com os que me cercam. Pelo menos com aqueles que me dedicam os mesmos cuidados.

A palavra “LADO” soa inapropriada porque faz parecer que preciso ser adversária de quem não compartilha da minha opinião. Mas definitivamente, NÃO, isso não precisa ser tão difícil, insuportável ou excludente pra você que não concorda.

Porque não é sobre futebol… Não é sobre torcida. E não é porque eu ou você votamos diferente que precisamos nos manter de olhos e ouvidos fechados uns para os outros

Li o texto abaixo em 2017. É meio técnico e eu não sou especialista na área pra validar ou questionar. Mas fez muito sentido pra mim e ligou meu alerta para os tempos que viriam. Nesta época eu decidi quebrar a minha bolha e isso me fez um bem definitivo e agregador, independente de minhas convicções políticas. Indico!

Carol Alves

Você já viu esses?

O QUE COMEMORO NO DIA DAS MÃES

PARA BEATRIZ

DANDO VOZ E VEZ A OUTRAS “QUERÊNCIAS”

O CUIDADO NOSSO DE CADA DIA

21 DE SETEMBRO DE 2010 | #COMPARTILHESUASMEMORIAS

A SAGA DO PRIMEIRO POST

SEGUINDO O CORAÇÃO

E AGORA, DECOR DA VEZ?

DE DENTRO

ATÉ BREVE, GABI!

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *